segunda-feira, 23 de junho de 2008

Capitulo 15 – O Segredo Revelado - Parte I

Três dias depois Julinha e Téo partiram para Paris. E eu me senti bem mais tranqüila e segura.
Mas, eu estava longe de imaginar que meus problemas estavam só começando...
Do outro lado da cidade, Gabriela recebia o correio e para sua felicidade uma carta do Henrique. Roni lia tranqüilamente sua revista, quando... _ Roni, nós recebemos uma carta do Rick hoje. Você quer ler.
_ Não obrigada!
_ Roni você ouviu o que eu disse?
Mas Roni não se abalou nem um pouco, continuo lendo sua revista tranquilamente.
_ Gabi, eu não tenho tempo para esta conversa agora. Eu estou muito ocupado.
_ Ocupado?!? Roni Toyonaga, eu estou falando contigo e não aceito ser ignorada assim!
Então Roni passou a dar atenção a Gabi.
_ Ok, Gabi! Qual o problema?
Este comentário irritou ainda mais a Gabriela.
_ Qual o problema?!? Eu nunca imaginei que você pudesse ser tão turrão e cabeça dura. Faz dois meses que seu filho saiu de casa e até o momento você não se interessou nenhuma vez em ter noticias dele.
Mas, Roni não se abalou nem um pouco com a explosão da Gabriela.
_ Eu não tenho mais filho. E sinceramente não estou a fim de discutir isto ou nenhum outro assunto relacionado a isto agora.
_ Como!?! Não pensa que o senhor vai se safar assim fácil não. Você tem um filho sim, e você não pode ficar ignorando-o assim. Afinal ele só tem você na vida. E você está sendo muito mesquinho nesta história.
Então Roni se alterou também.
_ Eu mesquinho?!? Você espera que eu faça o que, que eu perdoe aquele moleque por seduzir a própria irmã?!? Não vou perdoar isto nunca.
_ E pensar Roni que eu achava que quando a poeira baixasse você fosse conseguir pensar de forma mais racional.
_ Eu estou sendo racional Gabriela. Eu vi com meus próprios olhos, que a terra há de comer. Eu vi o Henrique agarrando a irmã.
_ Eu sei o que você viu, mas você já parou para pensar o quão absurdo é esta situação?
_ Absurda é esta discussão, isto sim!
_ Roni me escute com calma um momento. Desde que isto aconteceu, eu andei pensando. Como Julinha e Rick poderiam se apaixonar se eles eram irmãos?
_ Não estou entendendo onde você quer chegar?
_ Eu acho que eles não são irmãos.
_ Como?!?
_ Pensa Roni! No mundo sim, irmãos não podem se apaixonar; nem mesmo meio-irmãos. Se você fosse pai verdadeiro de ambos isto nunca teria acontecido.
_ É, isto tem lógica sim! Você quer dizer que o Rick não é meu filho?
_ Roni as vezes sua lerdeza me incomoda!!! Não, o Rick é seu filho sim. Eu acho que Julinha não é. Acho que Julinha é filha da Helena com o Téo.
_ O que?!? Você está viajando Gabi. A Julinha nunca poderia ser filha do Téo.
_ Como você pode ter tanta certeza?!? Eu tenho quase que certeza que Julinha é filha do Téo.
_ E de onde você tirou isto?
_ Da onde? Quando eu conheci o Téo em NY, ele era apaixonado pela Helena. Foi por isto que ele me abandonou.
_ Ele poderia até ter sido apaixonado pela Helena, mas ela não o suportava na época. Esta tua teoria esta furada, mas poder ser que o Rick não seja meu filho, afinal o Juju era atriz nesta época vivia saindo com diretores, atores, você sabe como é este mundo...
_ CHEGA!!! Quanta besteira você está falando. Então você acha mais fácil a Juju ter te traído do que a Helena, que por sinal é casada com o Téo hoje.
_ Exato!!!
Gabriela ficou mais irada ainda.
_ Primeiro, se o Henrique não fosse seu filho. A Juju não estaria em um sanatório agora. Na época da briga pela custódia dele era só fazer um exame de DNA provar que ele não era seu filho e ele estaria com ela até hoje.
_ Isto tem lógica. Tenho que concordar contigo!
_ Por outro lado temos a Helena. Que é casada com o Téo hoje, o que nos leva a crer que eles tiveram um romance no passado e que Julinha é filha dele e não sua.
_ Absurdo a Helena não suportava o Téo!!! Acho que você tem lido muito romance. Vamos parar esta discussão não nos está levando a lugar nenhum.
_ Roni, eu quero que você esclareça esta história com a Helena.
_ Eu nem vou perder meu tempo. Isto é muito surreal.
Gabriela voltou a se zangar.
_ Faça como você quiser, mas enquanto você não esclarecer esta história com ela você não dorme na mesma cama que eu. Fique no quarto do Rick.
_ Que absurdo é este Gabi?!?
_ Enquanto você não conversar com a Helena nós não dormimos mais juntos e se até o Natal esta história não estiver esclarecida; eu acho...
_ Você acha o que?!?
_ Eu acho que vai ser difícil nós continuarmos casados.
_ Você está me chantageando?
_ Depende do ponto de vista.
Gabriela ficou firme na sua decisão. E Roni não teve outra saída a não ser refletir sobre o assunto.

2 comentários:

Marina disse...

Ooooi Chris, aqui é a Mari (:

Ai, ai, ai, ai, aaaai... As coisas estão começando a despencar pro lado da Helena, não? :O
Bem, quanto ao Roni... Puxa, que cabeça dura, ahn? Pobre Rick :'(

Agora fico pensando: e quando a Julinha descobrir a verdade sobre seu pai? Aaah, mas dai vai virar uma confusao sem tamanho! Tinha que ser a Chris pra inventar uma história dessas, né? :D

Beijaaaaaaaaaaaao ;*

Chrisfried disse...

Olá Marina!

Obrigada. Como vc pode perceber a Helena não ficará mais tanto tempo impune.

Bjos
Chrisfried